Prefeitura de Praia Grande
Lateral Praia grande
 A Cidade
 Bandeira e Brasão
 Edital - CMDCA/ CMI
 Eventos
 História e Hino
 Mapa da Cidade
 Monitoramento de Veículos
 NUPVIDA
 Orgãos e Conselhos
 PG ao Vivo
 Plano Diretor
 Postos de Saúde
  Notícia do dia 25/9/2015
Por Jaqueline de Marco, MTB: 52.981
 
 
Projeto traz ao Porto do Saber palestras com escritores consagrados

Atividades do Viagem Literária foram realizadas na quinta-feira (24)
 
 
Autor: FELIPE FRANÇA
viagem
 
Aproximar escritores e obras literárias do cidadão. Este é o objetivo do projeto Viagem Literária, que foi realizado pelo segundo ano consecutivo na biblioteca Porto do Saber, em Praia Grande, na tarde de quinta-feira (24), às 15 e 19 horas. O evento contou com palestras dos premiados autores Alonso Alvarez e Joca Reiners Terron, que atraíram público de cerca de cem pessoas, entre estudantes municipais e amantes da literatura em geral. O Viagem Literária é um projeto do Governo do Estado e esta edição contará com 320 eventos em cidades do interior e litoral de São Paulo.

A atividade foi dividida em dois módulos, infanto-juvenil e adulto. Às 15 horas, o paulista Alonso Alvarez conversou sobre suas obras, que incluem O Encanto da Lua Nova e Era uma Vez Duas Linhas, e sobre sua experiência na literatura infanto-juvenil. E às 19 horas foi a vez do mato-grossense Joca Reiners Terron falar sobre suas obras de ficção adultas, como Do Fundo do Poço se Vê a Lua e A Tristeza Extraordinária do Leopardo-das-Neves, com o público.

De acordo com Alonso Alvarez, todos os livros que leu o marcaram bastante. “E quando escrevo um livro ele sempre tem um pouco da experiência que adquiri com a leitura de outras obras”. O autor, vencedor do prêmio Jabuti em 1991, afirmou que a recompensa pessoal por escrever faz tudo valer a pena. “Escrevo muito e nunca fiquei rico por isso. A literatura é um prazer muito grande que tenho”. Esta é sua quarta participação no Viagem Literária.

O escritor Joca Reiners Terron afirmou que está muito feliz com o convite para participar pela primeira vez no projeto. “A intenção é mostrar a importância da biblioteca no incentivo à leitura entre crianças e adultos. O Viagem Literária é uma excelente oportunidade de interação entre o leitor e os escritores”. Terron venceu em 2010 o prêmio Machado de Assis, na categoria Melhor Romance.

Para a chefe de Divisão de Cultura nas Escolas, Lucilena Bragion, o sucesso dos eventos no primeiro ano de participação garantiu Praia Grande novamente dentro do Viagem Literária. “Mostra que nosso trabalho está no caminho certo. Em todos os dias, o Porto do Saber ficou lotado de gente. Além disso, as pessoas que compareceram interagiram com os escritores e o resultado foi super positivo”.

E quem participou das palestras disse ter gostado do projeto. A estudante Carla Mikelly Silva Ferreira, de 12 anos, explicou que está estudando o livro As Horas Claras de Alonso Alvarez na escola e adorou conhecer pessoalmente o autor. “Essa interação entre o escritor e o leitor é muito boa. Estou ainda mais ansiosa agora para ler outras obras dele”.

O estudante Marcelo Isidoro d’ Antonio, de 14 anos, explicou que soube sobre o projeto com amigos e se interessou em participar. “Gosto de ler, mas me falta tempo. Acho que atividades como esta não só incentiva o hábito à leitura, mas também mostra a sua importância para a sociedade”.

Porto do Saber – Vinculado à Coordenadoria de Complementação Educacional, Esporte e Cultura nas Escolas, da Secretaria de Educação, o complexo Porto do Saber engloba o Espaço Flex (para eventos culturais), além de biblioteca com mais de 25 mil livros, espaço digital com 20 computadores conectados à Internet e Escola Municipal Porto das Artes, para aulas culturais (dança, teatro, musicalização e violão) dos alunos do projeto SuperEscola. O endereço é Avenida São Paulo, 900, esquina com a Rua Dair Borges, Bairro Boqueirão, próximo ao Hospital Irmã Dulce.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.