terça-feira
18 de junho de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Foto: Alexandra Giulietti
 
No futsal masculino, PG vence por w.o. técnico
Time da Cidade classifica-se para segunda fase do Metropolitano Paulista
17/5/2010 | Fabricio Tinêo, MTB: 37905
 
A equipe masculina sub-20 de futsal de Praia Grande (Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer – Sejel/Persianas Bom Estilo/Osan) venceu por w.o. técnico (ausência do representante para assinar a súmula) o time de Mauá e classificou-se a segunda fase (semifinal) do Campeonato Metropolitano Paulista, série A-2, promovido pela Federação Estadual (FPFS). O confronto, programado para a última sexta-feira (14), ocorreria no Ginásio Falcão (Bairro Mirim).

Amador – Mais uma vez uma situação inusitada traz a tona o amadorismo do esporte brasileiro. O time de Mauá veio a Praia Grande. Os jogadores uniformizados aqueciam em quadra. Então surgiu a informação de que o representante da equipe não estava no Ginásio para assinar a súmula de jogo. Os árbitros aguardaram 15 minutos. O técnico e o assistente de Mauá tentavam ligar para FPFS. Mas nada mudou. Sem opção, os juizes deram saída de bola para o time de Praia Grande que fez 1 a 0. Torcedores foram embora sem saber direito o que havia se passado em quadra, já que os dois times estavam presentes.

“Infelizmente, não pudemos jogar. Estávamos com nossa equipe completa hoje, mas fomos surpreendidos pelo acaso”, afirmou o técnico Felipe Sá. “Se vencêssemos Mauá por três gols de diferença, terminaríamos na primeira colocação do grupo. Porém, com o w.o., fechamos a fase classificatória na segunda posição. Agora, vamos enfrentar Mogi das Cruzes ou Várzea Paulista, em data a definir”.

Campanha - Nas rodadas anteriores, Praia Grande venceu Santana, por 3 a 2 (fora de casa); Taboão, 6 a 5 (em casa), e 3 a 0 (fora). Porém, perdeu para Mauá, 7 a 3 (fora); e Santana, 3 a 1 (dentro). Vale frisar que a equipe da Cidade é a atual bicampeã metropolitana paulista (2008 e 2009), campeã estadual (2008) e terceira colocada dos Jogos Regionais (2009).

Na classificação da primeira fase do certame, chave A, o time do Barão de Mauá ficou com 12 pontos. Praia Grande acabou na segunda posição, também com 12 pontos, mas saldo de gols inferior (4 de Mauá e -1 de Praia Grande). Depois terminaram Santana do Parnaíba, 7; e Taboão da Serra, 1. Na chave B, ainda não finalizada, primeira colocação para Mogi das Cruzes e Várzea Paulista, com 9 pontos. Na sequência aparecem Salto, 6; e Esporte Clube Elite, 0.

Escalação - Representam a Cidade, os goleiros Luiz Fernando, Cícero Guilherme e Lucas Mauriz; os fixos Tiago Alemão, Sérgio Peres, Baiano, Adriano Martis e Diego Santos; os alas Lucas Fernandes, Allan Freitas, Vitor Parada, Felipe Amaral, Junior Lima e Diego Silva; os pivôs Pedro Lopes, Marcos Kaique, Thiagão e Thiago Silva. Técnico: Felipe Sá. Auxiliares: Lucas Fernandez, Cyro Bueno e Yuri D´Avilla. Preparador de goleiros: Assudney Santos. Supervisor: Paulo Ramos.



    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias