quinta-feira
23 de maio de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Vôlei feminino de PG perto de final estadual
28/11/2003 | Alex Frutuoso, MTB: 27.936
 
A equipe feminina de voleibol da CNA/Sectur, categoria adulta, está bem próxima de decidir o Campeonato da Apav, a Associação Paulista de Árbitros de Voleibol, que tem abrangência estadual. Com mais uma vitória no playoff semifinal diante do time da Unip, da Capital, o grupo dirigido pelo técnico Luis Mariano estará credenciado para a disputa do título.
As praiagrandenses venceram o primeiro jogo da semifinal na última quarta-feira (26/11), atuando no ginásio Mirins III, em Praia Grande, por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/17 e 25/16. O segundo confronto está marcado para a próxima quarta-feira (3/12), no ginásio da equipe adversária, em São Paulo, às 20h30. Se perder o jogo, a CNA/Sectur terá mais uma chance de chegar na final, no jogo desempate que tem o dia 7 de dezembro como data reservada, novamente na quadra na Unip.
Mas o técnico Mariano mostra bastante confiança em sua equipe. Mesmo sendo uma competição adulta, o treinador formou uma base jovem, com atletas das categorias mirim, infanto e juvenil, com algumas jogadoras mais experientes. O resultado disso é que a atleta mais nova tem 15 anos, enquanto a mais velha tem 35. Fórmula até agora aprovada por Mariano. “Apesar da juventude, nosso time é muito alto. Na primeira partida, o bloqueio e a defesa fizeram a diferença a nosso favor. Outro ponto importante é a presença da levantadora Lili, que é a mais experiente do elenco, mas que dá muita velocidade ao ataque”, explica.
Sobre a decisão da próxima quarta-feira, o técnico acredita que pode surpreender mesmo fora de casa. “O time da Unip é formado todo por atletas adultas, inclusive com a Analirdes, que jogou na Seleção Brasileira em 93. No jogo daqui, elas vieram desfalcadas e um pouco confiantes demais. Lá vai ser mais difícil. Só que se tivermos o mesmo desempenho apresentado no Mirins III, dificilmente iremos perder a vaga na final”, avalia.
Caso passe pela Unip na semifinal, o time de Praia Grande irá enfrentar na grande final do torneio o vencedor do encontro entre Unaerp/Guarujá e Cotia. Mas como terminou a fase de classificação em quarto lugar, a CNA/Sectur terá também de fazer as partidas finais atuando fora de casa, independente do adversário.
A equipe que vem atuando conta com as jogadoras adultas Lili e Viviane Maria e com as seguintes meninas formadas nas categorias de base de Praia Grande: Miriam, Amanda, Daniela Rosa, Talita Sampaio, Daniela, Tatiana, Laís, Luana Barbosa, Viviane Nunes e Cristiane.



    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias