quarta-feira
23 de outubro de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Foto: AMAURI PINILHA
 
Última audiência pública debate Desenvolvimento Urbano
Centenas de pessoas compareceram ao encontro, realizado no Palácio das Artes
30/3/2016 | Luciano Agemiro , MTB: 73.143
 
A quinta e última audiência preparatória de revisão do Plano Diretor de Praia Grande, realizada na terça-feira (29), no Teatro Serafim Gonzalez, reuniu cerca de 500 pessoas. Desta vez, o tema principal do encontro foi desenvolvimento urbano e os participantes puderam dar sugestões relativas ao tema. Todas as propostas serão levadas em conta na elaboração do projeto de lei a ser enviado para aprovação na Câmara Municipal, próxima etapa da revisão.

O Plano Diretor tem como meta principal organizar o crescimento e funcionamento do Município para o período de 2017-2026. As audiências, ao todo cinco, tiveram como objetivo recolher propostas da população que vão ajudar no desenvolvimento da Cidade nos próximos anos.

Na palestra cujo tema foi ‘O Desenvolvimento Sadio de uma Cidade’, o prefeito Alberto Mourão aproveitou sua experiência como gestor municipal para apresentar aos convidados alternativas para manter o crescimento ordenado de um Município. “O ideal é termos um Plano Diretor que esteja embasado em situações sólidas do ponto de vista fiscal e de planejamento econômico de longo prazo para que haja sustentabilidade”.

Entre as diversas vertentes de desenvolvimento urbano abordadas pelo palestrante, uma que ganhou destaque foi a interferência que a discussão que vem sendo feita vai provocar na vida dos moradores de Praia Grande nos próximos anos. “Plano Diretor não termina agora. Isso é o esboço de uma ideia que vai gerar ações complementares e reformas de legislações com o objetivo de buscar a qualidade de vida de uma sociedade”, enfatizou, Mourão.

O secretário de Habitação do Município, Alexander Ramos, foi o responsável por apresentar dados técnicos relativos ao crescimento do Município nos últimos anos. Entre os destaques, a ocupação urbana do Município, que nos últimos 10 anos regulamentou mais de 4,5 mi de metros quadrados de áreas ocupadas. Outro dado que aponta o crescimento é a quantidade de edificações aprovadas pela Secretaria de Urbanismo. Entre 2006 e 2016, foram 1.196 edificações residenciais, 201 comerciais e 1.010 condomínios.

Um resumo dos principais dados de desenvolvimento do Município nos últimos anos foi apresentado aos convidados. A malha viária, linhas municipais de transporte coletivo, equipamentos sociais, esportivos, ações ambientais e dados referentes ao crescimento turístico da Cidade foram destacados por meio de mapas ilustrativos.
Além disso, o secretário também apresentou projeções para o futuro do Município, como aumento populacional e demandas de serviços públicos. “Seguindo essa linha de crescimento, em aproximadamente 10 anos, Praia Grande será a Cidade mais populosa da Baixada Santista”.

A diretora do Departamento de Planejamento e Gestão da Secretaria de Planejamento de Praia Grande, Eliana Cristina Jeronimo Ferreira, fez um balanço das cinco audiências realizadas este ano. “Tivemos a oportunidade de ouvir grandes personalidades sobre cada tema abordado nestes encontros, o que enriqueceu o debate com a população”.

Propostas – Até o dia 15 de abril a população pode enviar sugestões para a revisão do Plano Diretor. Basta acessar o site www.praiagrande.sp.gov.br/planodiretor e participar. No mesmo endereço é possível consultar as propostas já elaboradas pelos munícipes.

Discussão – Desde 2013, Praia Grande abriu oportunidade para que a população participe das discussões do Plano Diretor. Ao longo de dois anos, 21 encontros foram realizados em escolas de diferentes bairros, para que a população pudesse opinar.
Esta iniciativa não é obrigatória, no entanto foi realizada para facilitar o acesso da população ao tema. Mais de 4 mil pessoas se inscreveram e mais de mil propostas foram elaboradas, algumas enviadas via internet.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.




    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias