quarta-feira
13 de novembro de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Foto: Danilo Almeida
 
Juventude Legal destaca Comunicação e Oratória
Palestras são voltadas a estudantes do Ensino Médio
19/10/2016 | Sílvia Carvalho, MTB: 33.552
 
Nesta terça-feira (18), cerca de 600 alunos da Escola Estadual Vila Tupi, no Bairro Tupi, receberam o projeto Juventude Legal, da Subsecretaria de Ações de Juventude. As palestras são voltadas para estudantes do Ensino Médio, abordam vários temas e duram cerca de 50 minutos.

O destaque desta edição foi a palestra de Comunicação e Oratória que ensina entre outras coisas como o jovem deve se comportar para uma entrevista de emprego, mostrando por exemplo quais os movimentos gestuais que ele não deve fazer tanto na entrevista, quanto em suas relações pessoais.

Durante o encontro, a palestrante Renata Oller propôs que um estudante conjugasse o verbo tagarelar. Depois disso, ela explicou aos jovens que quando uma palavra não faz parte do dia a dia deles, é mais difícil pronunciá-la, por isso é importante se preocupar com o conteúdo do que vai ser dito.

Na palestra a especialista dá dicas para os jovens perderem a timidez e aprenderem a lidar com público. “Tento mostrar algumas situações que pessoas tímidas enfrentam. O jovem acaba se identificando com a situação e interage muito mais na palestra”.

A vice-diretora da escola, Erika Brasil Ferreira, agradeceu a parceria da Administração Municipal, que levou o projeto para a escola, incentivando e empoderando os jovens. “Esse projeto é muito importante para os jovens. Muitos não têm acesso a essas informações e eles acabam despertando interesse pelos assuntos, além de se considerarem protagonistas juvenis”.

O estudante Richard Siqueira, de 15 anos, avaliou o projeto como interessante. Para ele, a melhor palestra foi justamente a de Comunicação e Oratória. “Com essa palestra eu aprendi que ao me comunicar bem posso ter melhores oportunidades, tanto na vida quanto no trabalho”.

Já o estudante, Bruno Henrique Batista, disse que aprendeu coisas sobre a importância da prática de esportes e que se não fosse o projeto talvez ele nunca ficasse sabendo.

O Juventude Legal ocorre às terças e quintas-feiras. Funcionários de diversas secretarias municipais e entidades, em parceria com a Subjuve, oferecem serviços e palestras em todas as escolas de Ensino Médio da Cidade: públicas estaduais e municipais e também as particulares. O ano de 2015 foi finalizado com 12 mil jovens atendidos pelo projeto.

Temas - Participam das palestras as seguintes secretarias: de Saúde Pública(Sesap), de Esporte e Lazer (Seel), Promoção Social (Sepros), Trânsito (Setran), Assuntos de Segurança Pública (Seasp), Departamento de Defesa Civil, Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Trabalho (Sedettra) e Conselho Tutelar, Centro de Aprendizagem Metódica e Prática (Camp ) e Secretaria da Fazenda do Estado.




    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias