quarta-feira
13 de novembro de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Discussão sobre uso de drones em PG entra em nova fase
Principal preocupação é cumprir regras estabelecidas pela Anac
22/6/2017
 
A discussão a respeito da utilização de drones em atividades de segurança e fiscalização territorial em Praia Grande entra em uma nova fase. Nesta quinta-feira (22), autoridades que compõem a Comissão Especial sobre o tema se reuniram para conhecer um dos equipamentos disponíveis no mercado. O encontro foi realizado na sala de reuniões do Centro Integrado de Controle e Operações Especiais (Cicoe) da Prefeitura.

Desde que a comissão foi criada, em março, quatro empresas foram convidadas a apresentar seus produtos, esclarecendo dúvidas e apontando as vantagens dos equipamentos. O objetivo é que o drone seja utilizado tanto no policiamento ostensivo, monitorando ocorrências em tempo real, como também para a fiscalização de áreas ambientais e controle de invasões, de forma que seja possível comparar imagens antigas com atuais.

Desta vez, a empresa trouxe um modelo de asa fixa, diferentemente dos apresentados nas reuniões anteriores, do tipo multirotor.

Para o prefeito Alberto Mourão, os trabalhos avançaram bastante e entram agora na fase final, de coleta de orçamentos, levando em consideração não apenas o valor dos equipamentos, mas também questões como facilidade de manutenção. “Uma das hipóteses é entrar em contato com a iniciativa privada para que esse investimento seja custeado pelo empresariado, numa parceria, já que toda a comunidade será beneficiada com as ações de segurança que serão possíveis com o advento dessa tecnologia no Município”.

O comandante da Base de Radiopatrulhamento Aéreo de Praia Grande, major Adriani José de Souza, observou o cuidado que a comissão está tendo com as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Essas regras devem ser respeitadas justamente para evitar acidentes aéreos e até prejuízos aos equipamentos. Trata-se de um trabalho importante para o Município e que ficamos gratos em poder colaborar”.

Participaram da reunião representantes das secretarias de Segurança Pública, Urbanismo, Trânsito, Meio Ambiente e Administração, e da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Radiopatrulhamento Aéreo.




    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias