domingo
16 de junho de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Fiscalização do AVCB fica mais rigorosa em Praia Grande
Mudanças na legislação ampliam medidas de segurança obrigatórias
12/1/2018
 
Em Praia Grande, a fiscalização do prazo de validade nas edificações, do Auto de Vistoria ou Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros, respectivamente conhecidos pelas siglas AVCB e CLCB, ficou mais rigorosa com a publicação de legislação que adequou a legislação municipal às determinações federais. A Cidade tem aproximadamente de 2,5 mil AVCB e/ou CLCB vigentes.

Praia Grande já tinha uma legislação forte, que é a Lei Complementar nº 1674/13. A legislação federal veio acrescentar as ações de fiscalização, no que se refere à obrigatoriedade da manutenção preventiva e corretiva das edificações, destinada a realizar a conservação ou recuperação da capacidade funcional e das medidas de segurança contra incêndio, assim como das instalações e equipamentos.

É de responsabilidade do Corpo de Bombeiros Militar dos estados sob análise das medidas de prevenção e a emissão do AVCB e CLBC. A nova legislação busca garantir a observância dos padrões de segurança de edificações e áreas de risco, suas instalações e equipamentos, de maneira a reduzir a possibilidade de acidentes e suas consequências.

Como explicou o titular da Secretaria de Urbanismo (Seurb), a legislação abrange todos os estabelecimentos, as edificações de comércio e serviços, empresas, igrejas e quaisquer outros espaços destinados a reunião de público, cobertos ou descobertos, cercados ou não, com ocupação de qualquer quantidade de pessoas. "Uma destas alterações refere-se a fiscalização do prazo de validade do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), que agora tem como alternativa não apenas a autuação (valores iniciais variam de R$ 195,39 individualmente, no caso de salas e apartamentos que se enquadram como unidades autônomas, podendo chegar até no máximo R$ 11.722,69, para estabelecimentos comerciais), como agora, em caso de reincidência, o valor ser duplicado, podendo chegar à interdição do imóvel", disse o secretário de Urbanismo, Alexander Ramos.

Necessitam de AVCB ou CLBC áreas de reunião de público, cobertos ou descobertos, cercados ou não, os edifícios em condomínio residencial ou misto; edifícios em condomínio de salas comerciais ou de serviço profissional; todos os demais prédios destinados: ao uso comercial, serviço de hospedagem, atividade industrial, educacional e cultura física, serviço automotivo e assemelhado, serviço de saúde e institucional, depósitos de produtos químicos, tóxicos, inflamáveis, corrosivos, explosivo, especial e gerais, postos de combustíveis, revendedores de gases combustíveis ou inflamáveis (GLP), serviços que utilizam caldeiras, fornos à lenha e outras atividades que possam causar riscos ou danos em consonância com o Regulamento de Segurança contra Incêndio das edificações e áreas de risco no Estado de São Paulo.

"O mais importante é que sejam obedecidas as determinações e caso necessárias sejam realizadas as adequações, afinal o objetivo é oferecer maior segurança nestes locais. Da parte da fiscalização é preciso estar atento com os prazos e validade da documentação para que seja mantida regularizada e em dia", alertou Ramos.

As informações sobre a situação do imóvel, no que se refere ao AVCB ou CLCB podem ser acessadas no sistema do Via Fácil Bombeiros (https://viafacil2.policiamilitar.sp.gov.br/VFB_WEB/ Default.aspx).




    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias