quinta-feira
23 de maio de 2019

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
 
PG assina contrato com a Sabesp para investimentos em água e esgoto
Será atendida a reivindicação da Prefeitura para substituição da rede antiga de esgoto que provoca buracos nas vias
6/7/2018
 
Praia Grande assinou contrato de prestação de serviços de abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto com a Sabesp. A solenidade ocorreu nesta sexta-feira (5), no Palácio dos Bandeirantes, na Capital.

No investimento total de R$ 1,4 bilhão em infraestrutura de água e esgoto para Praia Grande estão previstas ampliação da produção e reservação de água tratada, expansão da distribuição e ações para redução de perdas.

Entre as principais melhorias neste setor está a implantação de Estação de Tratamento de Água (ETA) Melvi com 1,2 m³/s, além de um reservatório para armazenamento de 5 milhões de litros tratados e todas as interligações de adutoras necessárias.

Já em relação ao sistema de esgoto os principais trabalhos incluem, de 2018 a 2024, obras para o sistema de esgoto sanitário beneficiando a popular região do Trevo (Melvi, Esmeralda, Ribeirópolis e Japurá) e remanejamentos de redes coletoras nos bairros Canto do Forte, Boqueirão, Guilhermina, Aviação, Tupi e Ocian, complementação dos coletores no Sítio do Campo e Tupiri e adequação na Estação Elevatória do Sítio do Campo, além da ampliação da coleta e afastamento dos esgotos em diversos bairros como Anhanguera, Princesa I, Cidade da Criança, Quietude, Vila Sonia, Vila Tupi e Intermares. A segunda etapa do Programa Onda Limpa, fará com que a Cidade avance dos atuais 78% de coleta para níveis de universalização (a partir de 95%), mantendo 100% do tratamento.

A prefeita em exercício, professora Maura Ligia Costa Russo, destacou que para a assinatura do contrato foi necessário muito empenho da Administração Municipal para atender a demanda do Município. “Sabemos da luta do prefeito Alberto Mourão com relação a discussão deste contrato para que ele realmente fosse formalizado em cima das necessidades da Cidade. Uma das grandes demandas era realmente a questão da substituição das redes de esgoto condenadas, que provocam muitos buracos nas vias e reclamações da população em diversos bairros, e que para fazer toda a parte de pavimentação era necessária a substituição desta tubulação”.

Maura Ligia complementou falando dos outros benefícios para a população com a assinatura do contrato. “Conseguimos também, através dos novos reservatórios e estações de tratamento, dar melhor qualidade de vida para a população, principalmente com a questão da universalização da coleta de esgoto prevista no contrato, de que até 2024 toda a Cidade seja coberta com essa coleta. Foi uma grande luta. Iniciamos toda uma discussão, tivemos no meio da discussão aquela crise hídrica que gerou um espaçamento nas conversas e as coisas não se alinhavam, e hoje conseguimos concretizar o contrato dentro das condições que atendiam o Município. Praia Grande ganha muito com isso e o benefício maior é em qualidade de vida para a população”.

O governador do Estado de São Paulo, Márcio França, que participou da assinatura de contratos destacou a importância da Sabesp. "A Sabesp é uma das maiores empresas de saneamento do mundo, com um grupo técnico muito bom. Hoje, estamos fechando contratos para atender 1,5 milhão, 2 milhões de pessoas nessas cidades. Caminhamos para fazer parcerias com outras cidades. Queremos que vocês (prefeituras) tenham a Sabesp como parceira", comentou.

Para a presidente da Sabesp, Karla Bertocco a companhia vem se empenhando na coleta e tratamento do esgoto, além do abastecimento de água. “Em Praia Grande a ideia é começar o investimento de aproximadamente R$ 400 milhões para duas estações de pré tratamento de esgoto no Município que deverão gerar cerca de 4,5 mil empregos diretos e indiretos. A garantia do sistema de produção de água no dia a dia e na temporada e também tratar adequadamente o esgoto, daí a importância destas duas obras que estamos prontos para fazer”.

Sobre a necessidade da substituição da rede antiga de esgoto a presidente explica que é uma peculiaridade do litoral. “Toda a parte de solo do litoral é complicada de trabalhar e acaba acontecendo, por conta da região, muitos problemas na rede existente, principalmente nas mais antigas. Em algumas situações precisamos desobstruir e outras refazer trechos e com este contrato faremos essas intervenções. São intervenções importantes que estão presentes nos nossos investimentos”

Além de Praia Grande, participaram da solenidade as prefeituras de Aguaí, Angatuba, Gália, Guararema, Guarujá, Saltinho e São Vicente.




    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias