quarta-feira
8 de abril de 2020

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
 
Condesb e Agem deverão repassar dados técnicos para o Movimento Inova
Tema foi debatido durante reunião do Conselho, nesta terça (27)
27/8/2019
 
O Movimento Inova – Região Metropolitana da Baixada Santista – foi lançado no último dia 20 de agosto. A iniciativa, que busca o desenvolvimento econômico, a retomada da geração de empregos e, consequentemente, a melhora na qualidade de vida da população, foi debatido durante a 225ª reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb), nesta terça-feira (27). Como resultado dos trabalhos, o Condesb e a AGEM Agência Metropolitana da Baixada Santista deverão repassar dados e se integrar ao Inova.

A sugestão dessa integração partiu do prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão. O chefe do Executivo praia-grandense destacou que o Inova visa beneficiar todas as nove cidades da Região Metropolitana e é um movimento que não tem um viés partidário.

“Foi muito importante esse tema ter sido trazido para a reunião do Condesb. Será positiva essa incorporação da Agem ao Inova. As ferramentas e dados técnicos que a Agência conta serão fundamentais nesta primeira etapa do movimento, que busca fazer um diagnóstico regional”, analisou Mourão.

O prefeito de Praia Grande explicou ainda que o Inova agrega diversos setores, como sociedade civil organizada, empresários, classe política, sindicatos e instituições de educação de ensino superior e técnico. O movimento realizará estudo técnico sobre os seguintes segmentos econômicos da Região: turismo, logística, transportes, siderurgia, economia criativa, construção civil, mercado imobiliário, química, petroquímica e fertilizantes.

“É necessário saber detalhes da Região como quem somos, qual nossa vocação e reais oportunidades. O Condesb e a Agem assumindo seus papéis poderão ajudar a fomentar esta mudança. A Baixada Santista precisa aproveitar as janelas de oportunidades. O Governo do Estado está fechando negócios no exterior e que estão sendo implantados em outras regiões. Isso não pode mais acontecer. Já com todos os dados em mãos, em um segundo momento, vamos contatar o Estado para que estimule a atividade produtiva na nossa Região”, comentou o administrador Municipal de Praia Grande.

A diretora da Agem, Raquel Chini, participou da reunião do Condesb e confirmou que a Agência Metropolitana disponibilizará os dados para a equipe de técnicos do Inova. “É importante também que as cidades da Baixada Santista alimentem com seus dados os Sima (Sistema de Monitoramento e Avaliação). A moderna ferramenta tem em um único ambiente informações municipais, estaduais e federais. Desta forma, é possível realizar o acompanhamento das políticas públicas regionais”.





    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias