segunda-feira
12 de novembro de 2018

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Foto: Jairo Marques
 
Brasil testa chip que já funciona em PG
Lançado em dezembro, o SMV já foi instalado em mais de mil carros
17/4/2007 | Tatiana Giulietti, MTB: 29.039
 
Enquanto o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) pretende concluir estudos para a implementação do Sistema Nacional de Identificação Automática de Veículos (Siniav) e reúne mais de 300 representantes de empresas privadas e de órgãos de trânsito para recolher sugestões, o Município de Praia Grande já confere os resultados de seu Sistema de Monitoramento de Veículos (SMV). O sistema foi lançado em dezembro último através da Secretaria de Planejamento Estratégico e Gestão (Seplan) e mais de mil carros já adquiriram o chip, denominado “etiqueta inteligente”.

Desde então, os proprietários têm seus carros monitorados por 24 antenas espalhadas em pontos estratégicos escolhidos pela Seplan junto com as polícias Civil e Militar. A intenção é bloquear as rotas de fuga de automóveis roubados. É o mesmo sistema que está em estudo nacional, via identificação por radiofreqüência.

Instituído pelo prefeito Alberto Mourão através do decreto 4.157/06, o sistema, testado por seis meses no ano passado, já funciona em carros particulares, na frota municipal, táxis e peruas escolares. O turista com veículo de placa de outra cidade, proprietário de casa de veraneio em Praia Grande, também está adquirindo o chip. Se o seu veículo for furtado, um software instalado na Central de Monitoramento indica por onde passou, o horário e se deixou a Cidade.

Ineditismo - O selo custa R$ 25,00 e não há taxa de manutenção. Estão dispensados do pagamento veículos de pessoas jurídicas de direito público interno (órgãos públicos municipais), bem como permissionários e concessionários de serviço público.

O projeto desenvolvido em Praia Grande é inédito por utilizar fibra ótica e ter software próprio. O sistema permite captar os dados dos automóveis. Para a obtenção do chip, os proprietários devem se cadastrar. “Se fôssemos começar do zero, sem a estrutura que temos de 300 quilômetros de fibra ótica (aérea e subterrânea), central de monitoramento e demais equipamentos, o custo não seria inferior a R$ 8 milhões”, diz o prefeito. Com a estrutura, o Município investiu aproximadamente R$ 800 mil.

Furtos - O SMV mapeou áreas de concentração de veículos em pontos estratégicos, previamente identificados pelas polícias Civil e Militar e Guarda Municipal. Além disso, quando um veículo é furtado e o comunicado feito à Polícia Militar (190), que trabalha em conjunto com a Central de Monitoramento, o software pode verificar por onde o carro passou, se já saiu de Praia Grande e seu último percurso.

A comunicação do desaparecimento do veículo deve ser feita pelo telefone 0800-7730153, que funciona na Central de Vídeo-Monitoramento e, em seguida, à Polícia. Informações sobre a movimentação ou permanência dos veículos nos trechos monitorados são fornecidas aos condutores cadastrados.

O SMV está sendo implantado pela Seplan, cujo titular é o secretário Alberto Rodrigues de Oliveira Neto. O engenheiro responsável pelo sistema é o chefe do Departamento de Integração da Informação da Seplan, Wagner Milan. A Central de Vídeo-Monitoramento funciona no Paço Municipal, na Avenida Presidente Kennedy, 9.000, Bairro Mirim.

Integrada - A Prefeitura de Praia Grande comemora quatro anos da implantação da Infovia (Sistema de Vídeo-Monitoramento), com quase 1.200 câmeras já instaladas, sendo o maior projeto público desse gênero no País.

Desde dezembro de 2002, com a Central de Monitoramento e o trabalho integrado da Guarda Civil Municipal com as polícias Civil e Militar, os índices de violência despencaram: queda de 70% no número de homicídios e de mais de 90% dos atos de vandalismo em escolas e repartições públicas. A informação é do prefeito Alberto Mourão. “Vale frisar que Londres, uma das principais capitais do mundo, conta atualmente com 1.800 câmeras em vias públicas”.

Até o momento, em Praia Grande, foram registradas mais de 5 mil ocorrências que resultaram em prisões e apreensões de armas (conseqüência direta do monitoramento, sem contabilizar as ocorrências rotineiras da polícia).

O sistema, pioneiro na região, faz parte do Projeto Cidade Integrada. A Infovia é uma rede de 300 quilômetros de cabos de fibra ótica que permite intenso tráfego de informações entre diferentes instituições.

São transmitidas imagens, sons, textos e números. Desde a inauguração, o registro de flagrantes com as câmeras evitou furtos e assaltos; permitiu o auxílio rápido em acidentes de trânsito; possibilitou a apreensão de diversas armas e encaminhou suspeitos às delegacias, entre outras ocorrências.

O sistema idealizado pela Prefeitura de Praia Grande é inédito em termos de Poder Público no País. O monitoramento é um dos mais fortes aliados no combate à criminalidade. Segundo o secretário Alberto Rodrigues, as câmeras não são apenas um instrumento de auxílio nas investigações, mas também inibem a ação dos marginais.

As câmeras hoje instaladas estão divididas entre fixas e tipo speed domo, que permitem um giro de 360 graus e zoom (aproximação) de 400 metros. Até julho próximo, toda a orla estará monitorada, do Canto do Forte até a divisa com Mongaguá (são 22,5 quilômetros). Os principais corredores comerciais da Cidade e as rotas determinadas pela GCM e polícias Civil e Militar também receberão mais câmeras.

Mudança - Segundo o coronel José Marques Trovão Neto, subsecretário para Assuntos de Segurança, as câmeras obrigaram os infratores a migrar para outros locais. Esse fato, para o prefeito Alberto Mourão, indica que “o ideal, num futuro bem próximo, é que toda a Baixada seja monitorada”.



    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias