quarta-feira
12 de dezembro de 2018

 
Portugues   English
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CONSELHOS MUNICIPAIS
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO
Foto: Jairo Marques
 
São Pedro é padroeiro oficial de Praia Grande
Comemoração terá carreata, missa de ação de graças e consagração da Cidade
28/6/2007 | João Carlos Miranda, MTB: 25.955
 
Agora é lei. O santo padroeiro de Praia Grande é São Pedro. A decisão, aprovada por unanimidade na Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Alberto Mourão (Lei nº 1.347/07), será comemorada pela comunidade católica nesta sexta-feira (29), com carreata, saindo às 18 horas da Igreja Nossa Senhora das Graças, no Bairro Ocian, e missa de ação de graças e consagração da Cidade ao seu santo protetor, na Igreja São Pedro Apóstolo, no Bairro Caiçara, às 19 horas.

O padre Joseph Thomaz, responsável pela Paróquia Nossa Senhora das Graças (Igreja São Pedro Apóstolo), salientou que este é um momento histórico para a Cidade. “Será a primeira festa oficial que Praia Grande fará para seu padroeiro”. Após a chegada da carreata na Igreja São Pedro Apóstolo será celebrada missa presidida por Dom Jacyr Francisco Braido. O prefeito Alberto Mourão fará a consagração da Cidade a São Pedro.

Segundo o padre Thomaz, a consagração “é um pedido para que São Pedro interceda por todos junto a Deus. Que tenhamos saúde, educação, segurança, trabalho... enfim, que cuide de nossa Cidade e de seus moradores”.

Como explicou a secretária da Paróquia Nossa Senhora das Graças e coordenadora do evento, Maria Cristina Rossi, além da consagração, a missa marcará os 25 anos do lançamento da pedra fundamental da Igreja São Pedro Apóstolo, na praça de mesmo nome, no Caiçara.

“A igreja e a história da consagração de Praia Grande a São Pedro estão interligadas. Teve início após a emancipação. As comunidades não conseguiam decidir quem seria o padroeiro”, ressaltou a secretária. Assim foram mais de 20 anos, até o dia 29 de junho de 1982, quando foi inaugurada a Igreja São Pedro Apóstolo pelo padre Ézio Gislimbert, pároco da comunidade, o bispo dom David Picão e pelo então prefeito Dorivaldo Loria Júnior.

“A pedido de pescadores, entre eles Francisco de Sá, fervoroso fiel e, inclusive, o doador da área onde foi construída a igreja, foi solicitada pelo prefeito a consagração ao santo junto às autoridades religiosas. Vale lembrar que a Cidade, na época, tinha grande colônia de pescadores. O pedido foi aceito. Porém, foi acordado apenas informalmente e, assim, transcorreram estes 25 anos”, relatou Maria Cristina.

História - São Pedro foi um dos 12 apóstolos de Jesus, como está escrito no Novo Testamento e, mais especificamente, nos quatro evangelhos. Seu nome original era Simão. Nos livros dos "Atos dos Apóstolos" e na "Segunda Epístola de Pedro", aparece ainda uma variante grega de seu nome original: Simeão. Cristo apelidou-o de Petros - Pedro, nome grego, derivado da palavra petra, que significa pedra ou rocha.

O apóstolo São Paulo designava-o pelo nome de Cephas, Kephas, Kepha ou Cefas, que em aramaico significa o mesmo. É importante lembrar que, provavelmente, Cristo falava principalmente aramaico, logo terá sido essa a designação dada a Simão (e não a versão grega que ficou para a posteridade).

Na teologia católico-romana, é considerado o príncipe dos apóstolos e o fundador, junto com São Paulo, da Igreja de Roma (a Santa Sé), sendo-lhe reconhecido ainda o título de primeiro papa (um tanto anacronicamente, posto que tal designação só começaria a ser usada cerca de dois séculos mais tarde).

Pedro foi o primeiro bispo de Roma. Essa circunstância é invocada pela Igreja Católica para que o papa detenha uma posição de supremacia sobre a Igreja Católica. Para as outras denominações cristãs, também recebe uma grande importância, por causa de suas epístolas canônicas, porém, não recebe o mesmo tipo de tratamento da Igreja Católica. Segundo a tradição, teria morrido em 67 d.C. (depois de Cristo).

Fonte: http://www.pmspa.rj.gov.br/detnoticia.aspx?id=1776
http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Pedro.



    página anterior topo da página
 
 
 
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias