Projetos Turísticos
Equipamentos turísticos esperam parceiros

Projetos e plantas prontos e grandes áreas disponíveis. Com essas duas facilidades, a Prefeitura de Praia Grande está atraindo diversos interessados em investir em sete diferentes empreendimentos turísticos. Os equipamentos visam oferecer infra-estrutura e opções de lazer a turistas e moradores e deverão se tornar referência em todo o litoral brasileiro. Conforme o prefeito Alberto Mourão, a administração precisa de parceiros da iniciativa privada para tirar os projetos do papel e provocar uma segunda revolução na imagem da cidade litorânea que mais recebe turistas no Estado, conforme aponta pesquisa realizada pela Embratur. Conheça um pouco mais sobre cada projeto:

Parque de dunas em frente à praia
 
Um lugar com grandes dunas de areia, cercadas por piscinas, lagos e riachos, repleto de toboáguas e playgrounds, localizado em frente à praia. Este é o Duna Water Park, projetado para o antigo Terminal Turístico do Paquetá, em área de 42 mil m².
A praia será incorporada ao parque por meio de uma passarela sobre a avenida Castelo Branco. Ainda está prevista uma completa infra-estrutura, com estacionamento em três níveis com 525 vagas, recepção, lojas de souvenirs, sanitários, vestiários, armários, lanchonetes, berçários, sala de primeiros socorros e bares.
 
Avenida se tornará centro de lazer
 
O bairro Mirim concentra o maior número de colônias de férias da América Latina, com 55 instituições (mais de 10 mil leitos), ao longo da Avenida dos Sindicatos. Visando aproveitar esse potencial, a prefeitura pretende transformá-la em centro de lazer e entretenimento. Além de uma melhor estrutura de recepção, pretende-se implantar quiosques de alimentação e artesanato e o Museu a Céu Aberto. A avenida se dividirá em três praças, com calçadões, estacionamento, sanitários, bancos, floreiras e painéis para exposições. Entre os projetos especiais de turismo, este deverá ser o primeiro a sair do papel.
 
Portinho vai ganhar charme e infra-estrutura
 
A área do Portinho, às margens do mar Pequeno, abrigará um dos mais aconchegantes, seguros e belos espaços para shows e lazer do País. O projeto Multiplace Portinho prevê um complexo com centros esportivo e náutico, parque ecológico, quiosques para churrasco e um conjunto de estabelecimentos diversos voltados ao entretenimento, como bares e restaurantes. Bar flutuante, boate com fontes luminosas, lago para pedalinhos, plataformas, playground, estacionamento e vestiários completam o espaço.
O local é ladeado por manguezais e tem localização privilegiada, com acesso inclusive por navegação.
 
Arena para espetáculos e eventos culturais
 
Grandes shows culturais e artísticos poderão ser assistidos por 25 mil pessoas na Arena Casa de Portugal. O espaço, voltado para o maciço de granito existente no morro, receberá uma arquitetura arrojada, com arquibancadas em leque, camarotes, palco, camarins, bares, além de estacionamento, espelhos d’água e jardins. Módulos de serviços de apoio garantem conforto e segurança aos usuários. A área ganha ainda piscinas e quadras de esportes.
Clique para ampliar
 
Educação, ecologia, esportes
e turismo em um só lugar

 
 
Transformar a Cidade da Criança, em Solemar, em um grande complexo estudantil, esportivo e profissionalizante é o que prevê o projeto de revitalização desse espaço.
Haverá módulo de ensino fundamental e médio para mil alunos, com funcionamento em dois turnos, três edifícios para abrigar cursos profissionalizantes e um complexo esportivo, com vestiários e salas de fisioterapia e ginástica. Uma estrutura de apoio vai oferecer acompanhamentos pedagógico e psicológico, refeições e atendimento odontológico. A área turística contará com auditório e espaço para exposições e lojas de artesanato.
No local, ainda funcionarão o Horto municipal, minifazenda, praças, playground, capela, restaurante, pesque-pague e estacionamento com 150 vagas.
 
Núcleo valorizará cultura popular
Tendo como base a pesquisa que traçou o perfil dos turistas, realizada ano passado pela prefeitura, o empreendimento, a ser instalado no Bairro Antártica, objetiva dar condições dignas de recepção a esse público e também oferecer um espaço para as mais diversas manifestações culturais.
Com 38 mil m² e fácil acesso, o complexo terá estacionamento para 550 veículos, guarita de controle, parte administrativa e um grande centro de convivência, com campo de futebol, playground e 38 quiosques com churrasqueiras.
No espaço, também poderão ser realizadas feiras e eventos esportivos. O Centro de Tradições Regionais terá capacidade para 6.400 pessoas e contará com camarins e palco.
 
Píer de pesca no canto mais bonito da cidade
Um dos cartões postais de Praia Grande, o Canto do Forte, famoso devido à Fortaleza de Itaipu e pela praia cheia de gente bonita, ganhará uma plataforma de pesca e de passeio próxima ao morro de Itaipu, em direção a alto mar.
A estrutura contará com decks de observação, permitindo aos visitantes apreciar uma paisagem imperdível.
O projeto, chamado Praça&Píer, foi desenvolvido pela prefeitura em parceria com o arquiteto Feu Rosa e ainda prevê a reurbanização da praça local.
 
“Praça do canhão” ligará calçadão à praia
A praça Duque de Caxias, conhecida como “praça do Canhão”, vai ser ampliada, ganhando um espelho d’água, totens informativos, bancos e bandeiras. Haverá também a ante-sala do forte, com painéis, histórico do Município e maquetes, e, ainda, um posto de informações turísticas, caixas eletrônicos e um espaço para café e comercialização de souvenirs e materiais de pesca.
Um novo jardim completará o cenário. Uma guarita de policiamento e um estacionamento com 133 vagas darão mais conforto e tranqüilidade aos freqüentadores. O projeto também prevê a construção de um portal de entrada.
A praça servirá de ligação entre o calçadão e a praia. As paredes das instalações terão aspecto de “cristal”, para permitir a visão do mar de qualquer ângulo.
 
Voltar