Brasão de Praia Grande  

sexta-feira
28 de janeiro de 2022

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


Foto: Jairo Marques
 
Servidores de PG realizam sonho da casa própria
Sorteio dos imóveis aconteceu sábado (20) no Ginásio Falcão
22/3/2010 | Mauricio Eirós , MTB: 26.176
  Compartilhar no Whatsapp
A tão sonhada casa própria se transformará em realidade para 160 famílias de servidores públicos de Praia Grande, nos próximos dias. Elas foram sorteadas para morar nos apartamentos do Condomínio Abaeté, no Bairro Real. Foram inscritas 1.385 pessoas e a entrega das chaves é prevista para o final de abril. O sorteio aconteceu sábado (20), no Ginásio Falcão. A ação foi possível graças à parceria da Prefeitura com o governo estadual, que cedeu as unidades por meio da Companhia de Desenvolvimento de Habitação e Urbanismo (CDHU).

A primeira sorteada foi Marina da Silva Prado, 33 anos, servente da E.M. Ary Cabral. Emocionada, ao ouvir seu nome, ela saiu correndo até o palco onde era feito o sorteio, sendo aplaudida pelas centenas de pessoas que acompanhavam o evento.

“Estou muito feliz, pois venho buscando esse sonho há muito tempo. Agora vou realizar essa conquista. Foi inacreditável ser a primeira sorteada. Diante de tanta gente, eu não esperava isso. Agora quero começar uma vida nova e buscar coisas novas em 2010”, disse Marina, irradiando alegria.

A segunda contemplada com a casa própria foi a auxiliar de enfermagem Márcia Alves de Lima, 26 anos, da Usafa Melvi. “É um sonho, uma coisa inacreditável. É uma emoção muito grande. Não esperava ser sorteada, afinal são mais de mil pessoas concorrendo”, disse Márcia, que pretende morar com o irmão na nova casa.

O vice-prefeito Arnaldo Alberto Amaral, que representou o prefeito Roberto Francisco dos Santos no evento, participou do sorteio e disse que as moradias destinadas aos servidores era um sonho da Administração.

“A importância dessa parceria da Prefeitura com a CDHU é muito grande. Hoje observamos a alegria das pessoas que vemos no nosso dia-a-dia. Fico feliz ao fazer parte desse momento e poder ver a felicidade desses servidores, ao terem confirmada a realização deste sonho, que é a casa própria. Acho que será um condomínio diferenciado, pois é uma classe igual e os vizinhos serão companheiros de trabalho, com as mesmas dificuldades e anseios”, afirmou Amaral.

Ele explicou que foram feitos três empreendimentos da CDHU na Cidade, sendo que dois foram destinados para famílias removidas da Serra do Mar, em Cubatão. Em um encontro com o governador José Serra, o prefeito Roberto Francisco solicitou que um dos condomínios fosse reservado para os servidores de Praia Grande.

“Essa é uma conquista do funcionário público, porque ele trabalha para o bem comum da sociedade. Mas na hora em que busca um financiamento para a casa própria enfrenta muitas dificuldades, seja pelo salário ou por não dispor do FGTS para complementar a parcela. Isso sempre foi um anseio meu, pessoal, e do prefeito também. Estou feliz com esse momento”, disse a secretária de Habitação e Meio Ambiente, Maria Rosinda Campos Johns.

O gerente regional da CDHU na Baixada Santista, José Marcelo Ferreira Marques, informou que os sorteados já receberam a relação dos documentos necessários, com dia, hora e local onde devem apresentar a documentação para a elaboração do contrato.

“Nossa expectativa é que consigamos fazer isso entre os dias 5 e 10 de abril. Depois é feito o sorteio dos imóveis reservados para famílias com deficientes, em seguida a escolha das unidades e finalmente a entrega das chaves”, disse José Marcelo.

O apartamento poderá ser financiado até 100% do seu valor total, que é de R$ 51 mil, em prazo que pode chegar a 360 meses. Quem tiver recursos do FGTS ou da poupança pode utilizar e abater o valor do financiamento. Do total de unidades, 7% (ou 12 apartamentos) foram reservadas para trabalhadores deficientes ou que morem com familiar que tenha algum tipo de deficiência.

O Residencial Abaeté fica na Rua Hebert de Souza, 79, Bairro Real, Localizado próximo a Avenida Ministro Marcos Freire (marginal da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega). Os apartamentos tem 42 metros quadrados divididos em dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Cada prédio conta ainda com salão de festas, área de lazer e garagem para um veículo por imóvel.




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias