Brasão de Praia Grande  

sexta-feira
28 de janeiro de 2022

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Setembro Amarelo: Servidores Municipais participam de palestra sobre suicídio
Palestrante apontou caminhos para identificar e prevenir casos
22/9/2021
  Compartilhar no Whatsapp
Tem outra saída! Essa foi a máxima que a psicóloga, Priscilla Imperial, apresentou aos cerca de 100 servidores públicos na quarta-feira (22). A palestra sobre prevenção ao suicídio serviu para esclarecer problemas e sintomas do dia a dia que podem apontar uma situação pré-suicídio.

O evento faz parte de uma série de encontros e treinamentos voltados aos servidores municipais, promovidos pela Divisão de Treinamento e Capacitação da Secretaria de Administração (Sead). O público alvo foram funcionários da Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb), que trabalham em diversas áreas.

De acordo com a responsável pela divisão, Camila Mariane, a escolha do público tem a ver com a dinâmica das atividades diárias. "Quando estão trabalhando conversam entre si e falam de seus problemas. Com um pouco de informação correta, tanto quem sofre, quanto quem percebe o sofrimento, pode ajudar a encontrar soluções e evitar o resultado trágico".

A servidora Fabiana Rafael Cruz dos Santos foi uma das participantes da palestra e gostou muito do que aprendeu, pois não tinha o conhecimento pleno sobre o assunto. “Às vezes acontece com alguém próximo e a gente não percebe. Eu mesma identifiquei pessoas com os comportamentos característicos que ela falou. Poderei ajudar com mais segurança e tranquilidade de estar fazendo a coisa certa”.

De acordo com a palestrante, é importante que as pessoas saibam que o tratamento de uma ansiedade ou depressão é composto por medicação e psicoterapia. "O uso dos remédios permite que as reações físicas sejam ajustadas. Os níveis de hormônios são estabilizados, as pessoas dormem melhor, relaxam mais e acabam falando mais. Este é um fator importante para o tratamento psicológico".

Dados - De acordo com informações apresentadas pela palestrante, o Brasil tem cerca de 2 mortes por hora, 40 por dia. Em todo o mundo, são mais de 1 milhão de mortes por suicídio todo ano. Estudos apontam ainda que cerca de 50% da população sofre de algum transtorno depressivo ou de ansiedade, situação que pode ter sido ainda mais agravada com a pandemia.




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias