Brasão de Praia Grande  

quinta-feira
2 de dezembro de 2021

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Seducs de PG e Itanhaém trocam experiências sobre a EJA
Encontro teve como finalidade aperfeiçoar os serviços oferecidos
24/9/2021
  Compartilhar no Whatsapp
Apesar de fazerem parte de uma mesma região, com realidades próximas, as cidades da Baixada Santista têm cada uma a sua particularidade. A troca de experiências entre os municípios permite um crescimento e oferecimento de um serviço mais qualificado aos moradores. Nesta quinta-feira (23), mais um exemplo de ações como essa ocorreu com a visita de um grupo de Itanhaém a Secretaria de Educação (Seduc) de Praia Grande.

A comitiva foi liderada pela secretária de Educação da cidade vizinha, Márcia Galdino Alves, e recepcionada pela titular da Seduc praia-grandense, a professora Cida Cubilia. O encontro teve como pauta principal o atendimento oferecido para alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) pelas duas cidades. O município de Itanhaém estuda novas possibilidades para atender à necessidade do público e buscou Praia Grande para a troca de informações.

Atualmente, a Seduc praia-grandense conta com 815 alunos inscritos nas turmas de Educação de Jovens e Adultos. Para atender a essa demanda, a pasta municipal disponibiliza quatro unidades localizadas em diferentes pontos da Cidade. São elas: EM São Francisco de Assis (Bairro Boqueirão), EM José Padin Mouta (Bairro Tupi), EM Dr. Roberto Shoji (Bairro Tupiry) e EM Albert Einstein (Bairro Samambaia).

Para a secretária de Educação de Praia Grande, a professora Cida Cubilia, a troca de experiências permite que as cidades aprendam ao conhecer os pontos fortes de cada uma. “Assim temos a possibilidade de ver o que no município vizinho dá certo e analisar com as ações que executamos aqui. Da mesma forma que compartilhamos nossas iniciativas com eles. E, no final, quem ganha são os alunos”, definiu.





página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias