Brasão de Praia Grande  

sábado
28 de janeiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
PG integra mapeamento de áreas de risco
Resultado do trabalho será disponibilizado à Defesa Civil da Cidade
22/5/2014 | Ludmila Pilipavicius , MTB: 29.204
  Compartilhar no Whatsapp
Técnicos do CPRM – Serviço Geológico Brasileiro passaram três dias em Praia Grande fazendo um levantamento sobre eventuais áreas de risco do Município. O trabalho foi encomenda pelo Ministério da Integração Nacional, Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Ministério das Cidades, Ministério da Defesa, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, sob a coordenação da Casa Civil da Presidência da República, e será fundamental para o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Coordenadoria de Defesa Civil da Cidade.

O foco do mapeamento são as áreas urbanizadas, diferentemente do trabalho que foi realizado no início do ano, quando técnicos do Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT) também estiveram na Cidade analisando as áreas ainda não urbanizadas.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Praia Grande, Luiz Eduardo Credídio, durante os três dias em que estiveram na Cidade, os geólogos percorreram áreas entre os bairros Forte e Solemar analisando os riscos de enchentes/inundações/alagamentos, deslizamentos e movimentações de terra, solapamento (erosão), queda de blocos, entre outros. “Esses dados poderão complementar o trabalho que já realizamos.
A integração e a troca de informações são sempre muito positivas neste tipo de ação”.

Os trabalhos foram acompanhados pelos técnicos da Coordenadoria de Defesa Civil do Município e também da Guarda Ambiental, Secretaria de Urbanismo, Secretaria de Planejamento, Secretaria de Habitação e Secretaria de Obras.

Após a coleta dos dados, os geólogos apresentarão mapas indicativos de cada setor com suas características individuais e sugestões de intervenções nos locais, se necessário.

Um dos objetivos do mapeamento, de acordo com informações do Serviço Geológico Brasileiro é reduzir as perdas humanas e materiais provocados pelos desastres naturais.

Os dados resultantes deste trabalho serão disponibilizados em caráter primário às defesas civis de cada município participante e os dados finais irão alimentar o banco nacional de dados do Centro de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN).

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS: Acesse também nosso conteúdo através do Facebook e do site da Rádio do Paço. Veja também o Banco de Imagens.




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias