Brasão de Praia Grande  

quinta-feira
2 de dezembro de 2021

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Saúde Ambiental realiza nebulização com larvicida nos canais da Cidade
Ação faz parte do protocolo de prevenção contra dengue, zika e chikungunya
23/1/2018
  Compartilhar no Whatsapp
A divisão de Saúde Ambiental da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande está realizando a nebulização dos canais de água pluvial da Cidade com larvicida. A ação já foi realizada em novembro de 2017 e, como um reforço, novamente os agentes de saúde realizam o trabalho em todos os canais de água pluvial de Praia Grande.

De acordo com a diretora da Saúde Ambiental, Maria Fernanda Gonçalves, o momento é de se preparar para combater o mosquito Aedes Aegypti. “Estamos nos preparando para a temporada de chuvas, pois é justamente neste momento que temos grande proliferação do mosquito transmissor”.

A Sesap intensificou os trabalhos de rotina, com visitas domiciliares dos agentes, bloqueio de criadouros (eliminação de focos dentro das residências), intervenção em pontos estratégicos, tais como cemitério, desmanche de veículos e borracharias. Campanhas educativas nas unidades de saúde e escolas municipais também fazem parte das atividades. A Divisão de Saúde Ambiental está soltando, em grandes locais de água parada, peixes da espécie Lebiste, conhecido como Barrigudinho. Esse peixe come as larvas e ovos do Aedes Aegypti. “A população também pode e deve ajudar. É muito importante não deixar água parada em recipientes, vasos e também tampar ralos e caixas d’água, entre outras ações”, completa a diretora.

Dados - Em 2017 a Cidade fechou o ano com 5 casos de dengue, 2 de chikungunya (importados, ou seja, não contraídos no Município, apenas diagnosticados aqui) e 0 zika, Em 2018, ainda não há casos confirmados dessas três doenças.



página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias