Brasão de Praia Grande  

domingo
5 de dezembro de 2021

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JORI 2018
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Praia Grande investe R$ 4 milhões para zerar a fila de espera de cirurgias eletivas
Cidade lançou a ‘Ação Integrada’, que beneficiará milhares de pessoas
1/8/2019
  Compartilhar no Whatsapp
A Prefeitura de Praia Grande está investindo recursos próprios na ordem de R$ 4 milhões para equacionar a demanda reprimida e zerar a fila de espera de cirurgias eletivas. Na prática, milhares de pessoas serão beneficiadas com a realização de exames e dos procedimentos cirúrgicos de média e alta complexidade. O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, acompanhado de representantes Secretaria de Saúde Pública (Sesap) da Cidade, da Santa Casa de Santos e vereadores praia-grandenses, anunciou o início dos serviços, nesta quinta-feira (1º), em solenidade realizada no Paço Municipal, no Bairro Mirim.

Para o desenvolvimento da ‘Ação Integrada de Cirurgias Eletivas’, a Administração Municipal abriu um chamamento público para credenciar empresas e instituições interessadas na realização dos procedimentos. A Santa Casa de Santos atendeu todas as exigências e especificações previstas no edital e será a responsável pelas cirurgias.

A partir já desta sexta-feira (2), terá início a triagem dos pacientes que aguardam pelos procedimentos na Cidade e as avaliações cirúrgicas. O segundo passo será a realização de exames pré-operatórios obrigatórios para que o corpo clínico possa efetuar os procedimentos.

Neste primeiro momento, a Sesap efetuou estudo e mapeou a necessidade da realização de cerca de 2 mil procedimentos, entre as cirurgias eletivas e os exames. Serão desenvolvidos diversos procedimentos, entre eles, consultas de cirurgias geral, vascular, cardiologia, ortopedia, oftalmologia, urologia; exames de tomografia, mamografia, ultrassonografia, ressonância magnética, angioplastia; cirurgias eletivas gerais, ginecológica, laqueadura, oftalmológica, vasectomia, pediátrica, otorrinolaringológica, entre outras.

Ao longo da Ação Integrada Praia Grande arcará com recursos próprios com procedimentos que são de responsabilidades de Governo do Estado, entre eles estão exames de angiografia, arteriografia e cateterismo; cirurgias nas especialidades vascular e oncológica, entre outras.

“A Administração Municipal têm investido cada vez mais na área da Saúde, tanto na questão de prevenção e Atenção Básica quanto nas especialidades médicas e área hospitalar. A Cidade seguirá este trabalho para aprimorar os serviços e beneficiar a população. O acerto com a Santa Casa faz com que tenhamos a possibilidade de usar a retaguarda tecnológica da instituição”, explicou o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão.

Durante a assinatura do contrato, o administrador municipal praia-grandense confirmou ainda a ampliação do Hospital Municipal Irmã Dulce em mais 110 leitos. Ainda de acordo com o prefeito, no dia 9 serão abertos os envelopes para análise das propostas. “Nos próximos meses a meta é executar todas essas cirurgias eletivas, mas para o futuro entendemos que a Ação Integrada deve ser um programa contínuo. Com a ampliação do Irmã Dulce, além da criação de novos leitos em outras unidades da região, a baixada santista deve equacionar esse problema de falta de leitos e, desta forma, solucionar essa questão das cirurgias eletivas. É preciso ter uma visão metropolitana na tomada das decisões”, disse Mourão.

O titular da Sesap, Cleber Suckow Nogueira, ressaltou que os procedimentos efetuados na Ação Integrada não utilizarão leitos regionais. “Praia Grande tomou todo cuidado necessário para evitar qualquer tipo de transtorno para as outras cidades. Não estamos utilizando leitos regionais, o que em nada afetará os serviços que são prestados na Santa Casa”.

O provedor da Santa Casa de Santos, Ariovaldo Feliciano, explicou que o hospital é referência na Região e que vem se modernizando ao longo dos últimos anos. O gestor elogiou a iniciativa da Prefeitura de Praia Grande. “Esse pode ser considerado um ‘case’ para outras cidades. Praia Grande está tomando todas as providencias e atitudes para beneficiar sua população”.

Investimentos - Praia Grande investe cada vez mais em Saúde. Mais de R$ 30 milhões estão sendo disponibilizados para todos os setores da área.

Na urgência e emergência, além da entrega da nova base do Samu, no Bairro Boqueirão, 10 novas ambulâncias foram entregues em maio de 2019. Os pronto-socorros estão recebendo novos equipamentos como macas, camas, monitores cardíacos, aparelhos de imagem de última geração e também estão sendo realizados manutenções e reformas prediais e estruturais.

O Hospital Irmã Dulce, além de receber modernos equipamentos cirúrgicos e hospitalares, também conta com manutenção, reparos e pequenas reformas, além de instalações de equipamentos de ar-condicionado, televisores, ventiladores para total conforto dos pacientes. Já está em fase final o estudo para a ampliação dos leitos do Hospital e da Maternidade e total reestruturação da unidade.

A Atenção Básica do Município, que conta com 27 Unidades de Saúde da Família (Usafas) e atende 100% da população, também será beneficiada com novos equipamentos, reformas das unidades, além da construção de três novas unidades: no Bairro Princesa (já em andamento) e nos Bairros Guilhermina e Aviação (em fase de projeto).




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias