Brasão de Praia Grande  

domingo
5 de fevereiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Fornecedores de pedra e areia devem investir na contenção de resíduos dos materiais
Prefeitura quer evitar autuações, mas alerta empresários que obedecerão legislação
25/9/2019
  Compartilhar no Whatsapp
A Prefeitura de Praia realizou na terça-feira (24) reunião com representantes de empresas fornecedoras de materiais para construção civil, com depósitos de areia, pedras e/ou concreto. O evento envolveu os titulares das secretarias de Urbanismo (Seurb), Alexander Ramos, de Serviços Públicos (Sesurb) Katsu Yonamine e de meio Ambiente (Sema) Israel Lucas Evangelista. “É uma ação que busca incentivar uma maior parceria na solução de problemas que a Administração Municipal está encontrando: no caso dos depósitos são os resíduos que vão parar na rua e, consequentemente, acabam nas calçadas e bocas de lobo, causando problemas para moradores locais e entupimentos na rede”, explicou o titular da Seurb.

Como ressaltou Katsu Yonamine, hoje o cidadão praiagrandense é mais consciente e cobra ações do poder público. “Praia Grande tem Ouvidoria ativa (telefone 162) que recebe e encaminha reclamações. Parte delas são sobre serviços públicos e parte não. E constatamos que alguns problemas que se repetem estão relacionados com estas atividades comerciais. A Prefeitura não quer tomar ações punitivas, mas há uma legislação (Lei 657/89 – Código de Posturas) que temos que obedecer. Mas multar só não resolverá o problema. O que queremos é que as empresas se comprometam a realizar os serviços necessários para evitar que o pó e restos de areia dos depósitos cheguem nas calçadas, incomodem os pedestres e acabem na rede de águas pluviais”.

O titular da Sema Israel Lucas Evangelista, salientou a questão do controle de resíduos: “O gerenciamento de resíduos é uma prática importante dentro da concepção de desenvolvimento sustentável de uma cidade. Nessa questão a Prefeitura é sempre pressionada a agir, por força da lei. E muitas vezes a ação vem por meio do Ministério Público, que mediante denúncia de um popular, exige uma ação fiscalizatória, autuação, multa e mesmo fechamento da empresa, por não atendimento à lei. É importante ressaltar que obedecer ás determinações da legislação visam a limpeza da rua, do bairro e com isso melhora também a qualidade de vida dos moradores locais”.

Para o empresário Alaôr Artur da Silva, da empresa Artur e Alaor Terraplanagem e Locações, o encontro foi importante. “Essa aproximação é muito importante, porque somos nós, empresários da Cidade, que vivemos diariamente os problemas da Cidade. E essa realidade muitas vezes cria conflitos de interesse entre o poder público e o empresário. Essa busca de soluções conjuntas mostra que a Prefeitura tem essa consciência e nos possibilita apresentar nossas opiniões e dificuldades. Infelizmente não estão aqui representadas todas empresas que trabalham nesta área. Mas o saldo já é positivo. Espero que em um próximo encontro tenhamos mais participação”.



página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias