Brasão de Praia Grande  

terça-feira
24 de maio de 2022

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Setor Ambiental da GCM resgata gavião acuado em residência
A ave não tinha ferimentos graves aparentes e deverá passar reabilitação
8/4/2021
  Compartilhar no Whatsapp
Um gavião da espécie Asa de Telha foi resgatado na manhã desta quinta-feira (08) em uma residência no Bairro Tupi por uma equipe da Guarda Ambiental, que integra o Setor Ambiental da Guarda Civil Municipal de Praia Grande. A ave não aparentava ter ferimentos e passará por atendimento médico e reabilitação, caso seja necessário, antes de ser devolvida ao habitat natural.

Uma equipe do grupamento foi acionada no início da manhã até uma residência no Bairro Tupi, onde o morador teria encontrado a ave acuada na área de sua casa. De acordo com o inspetor do Setor, Fábio Marques, o homem percebeu que ela não estava voando e acionou a GCM. “Quando chegamos, o morador havia acondicionado o gavião em uma caixa de transporte de animais. Mas lembramos que, nestas situações, o ideal é não manusear o animal até que uma equipe preparada para este tipo de resgate chegue, evitando que eventualmente ocorra alguma reação do animal”.

Marques explicou que a equipe constatou que o gavião não apresentava ferimentos graves e estava apenas atordoado. “Provavelmente, se chocou em alguma estrutura próximo da casa e acabou pousando ali”.

O gavião foi encaminhado para a Aiuká, uma organização ligada ao Meio Ambiente e que é parceira da Guarda Civil Municipal de Praia Grande. Lá, deverá passar por avaliação médica, permanecer em observação e passar por reabilitação, se for o caso. Assim que estiver recuperada, deverá ser solta no Parque Estadual Serra do Mar, local de incidência dessa espécie, segundo o inspetor.

Este foi o resgate de animais silvestres de número 142 realizado pela Guarda Ambiental este ano. Desde que o setor foi criado, em 2009, já foram atendidos 2.981 animais das mais variadas espécies.

Atuação – A Guarda Ambiental faz parte do Setor Ambiental (Sepam), que engloba ainda o grupamento de Guarda Costeira. O Sepam completou onze anos de atividades em 2020 e desenvolve importante trabalho na Cidade. Além do material humano altamente capacitado para atuar na área ambiental, a tecnologia também tem sido um forte aliado do setor, inclusive com a utilização de drones.

Denúncias sobre desmatamento de áreas ou descarte irregular de resíduos da construção civil e acionamento para resgate de animais silvestres podem ser feitas pelos telefones 199 e 153.



página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias