Brasão de Praia Grande  

terça-feira
31 de janeiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
PG recolhe 15 toneladas de lixo de ponto irregular de descarte e 24h depois local está novamente sujo
Ação realizada pela população foi registrada no Bairro Maracanã e pode ser denunciada
8/7/2022 | Jaqueline de Marco, MTB: 52.981
  Compartilhar no Whatsapp
O trabalho de limpeza e manutenção de vias e áreas públicas de Praia Grande desenvolvido diariamente pela Secretaria de Serviços Urbanos (Sesurb) precisa contar diretamente com o apoio da população; uma vez que não é incomum o trabalho ser executado e, pouco tempo depois, quando as equipes retornam ao local a população já ter voltado a descartar materiais irregularmente no trecho. Um exemplo desta falta de cidadania foi registrado pela Sesurb nesta sexta-feira (8), na Avenida Dr Roberto de Almeida Vinhas, na altura da Avenida Anita Barrella, Bairro Maracanã, que amanheceu com muito lixo e entulho, descartados irregularmente pelos moradores. O mais impressionante é que o mesmo local já tinha sido encontrado nas mesmas condições e limpo pelo setor há menos de 24 horas, na tarde de quinta-feira (7). Na última limpeza, foram recolhidas 15 toneladas de detritos no local.

Uma das coisas que mais chama atenção nesse caso é que o local do descarte fica a exatos 523 metros do Ecoponto Maracanã (localizado na Rua Dorivaldo Francisco Loria), ou seja, caso a população estivesse em busca do local correto para esse descarte, bastaria procurar a unidade. Além de afetar a aparência do local, esse descarte irregular traz muitos problemas urbanos. Um deles é prejudicar o escoamento da água de chuva não somente no trecho, mas também em todo bairro. O trecho sujo fica às margens da Rodovia Manoel da Nóbrega e do canal de drenagem do local e esses detritos acabam obstruindo a passagem da água no local, podendo ocasionar, inclusive, enchentes nos arredores em dias de fortes chuvas.

Somado às questões urbanísticas citadas, a conservação da limpeza urbana é um importante fator para evitar diversos problemas sanitários, como, por exemplo, proliferação de insetos e roedores, além de contágio de doenças.

Serviços oferecidos – Como citado, o local fica próximo da Unidade Ecoponto do Bairro Maracanã, que recebe materiais recicláveis, pequena quantidade de entulho, podas de árvores, entre outros. Além disso, os itens inservíveis descartados irregularmente no local poderiam ter sido entregues também aos caminhões do projeto Rapa Treco (que retira em frente da residência das pessoas itens inservíveis), que passam toda semana pelo bairro; ou separados para a coleta seletiva que atende este local três vezes por semana. Sem contar que os bairros contam com coleta de lixo domiciliar também três vezes por semana.

A secretária de Serviços Urbanos de Praia Grande, Soraia Milan, destacou que a Prefeitura realiza diariamente a limpeza de vários pontos crônicos de descarte de lixo pela população, porém menos de 24 horas depois muitos destes locais estão sujos novamente. “Por isso, contamos com a ajuda de toda a população, que além de não jogar o lixo na rua também precisa se tornar um ‘fiscal’ da sua rua, do seu bairro. Aliando forças, temos certeza que podemos melhorar esta situação”, ressaltou.

Os serviços públicos oficiais de descarte de lixo são as melhores opções, como as coletas seletivas e de lixo domiciliar, Ecopontos e Rapa Treco. “Algumas pessoas contratam o serviço de carrinheiros, que algumas vezes podem acabar não levando os materiais para o ecoponto mais próximo, que seria o correto, mas sim descartando em terrenos e na rua, muitas vezes próximo à residência daquela pessoa que o contratou. Por isso, a melhor opção sempre é o morador utilizar os serviços oficiais”.

Denúncias – A população também pode denunciar situações como estas, principalmente com fotos de possíveis veículos que possam ser utilizados para o transporte de materiais (imagens que possam, de alguma forma, identificar os responsáveis pela irregularidade) através do formulário online disponível no site www.ouvidoria.praiagrande.sp.gov.br, ou pelo app “Ouvidoria Praia Grande”, disponível gratuitamente na Apple Store e Play Store. As denúncias podem ser anônimas.

Quem for flagrado realizando descarte irregular de lixo em espaços públicos pode sofrer sanções de acordo com o Código de Posturas Municipais (Lei 657/89), as normativas da gestão dos resíduos da construção civil (Lei 1660/2013) e leis ambientais como a de Crimes Ambientais (Lei 9605/98), dependendo da situação.

Mais informações – Confira cronograma completo dos serviços de limpeza realizados em Praia Grande no site da prefeitura, clicando no banner “Carta de Serviços” (http://www.praiagrande.sp.gov.br/cartaservicos/).




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias