Brasão de Praia Grande  

quarta-feira
30 de novembro de 2022

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


Foto: Jairo Marques
 
Conviver Ocian promove Cantata Folclórica
Mais de 150 coralistas participaram do evento
22/8/2022 | Luciano Agemiro , MTB: 73.143
  Compartilhar no Whatsapp
Seis corais se encontraram na 6º Cantata Folclórica do Conviver Ocian, realizada na segunda-feira (22), na unidade. Os grupos são de diferentes unidades do Programa e apresentaram músicas que, de alguma maneira, citam lendas ou outras referências folclóricas. Muitos dos participantes mataram as saudades dos amigos.

Primeiro evento dos corais após a pandemia, a cantata serviu para relembrar os colegas de canto que se foram nos últimos anos. Alguns, inclusive, membros dos grupos cantores. O anfitrião dividiu espaço com os corais das unidades do Conviver dos Bairros Guilhermina, Caiçara, Boqueirão, Tupi, Solemar a apresentação de 18 músicas diferentes.

Ex-coralista do Conviver Guilhermina, a aposentada Evani Souza da Conceição, de 64 anos, aproveitou para matar as saudades. “Onde eles vão cantar eu vou. No momento não estou podendo frequentar o coral, mas sinto muitas saudades. Acho maravilhosos esses encontros”.

Falando em encontro, a aposentada Dilcélia de Souza, de 65 anos, aproveitou a cantata para ensaiar par ao Encontro de Corais, evento que acontecerá em breve com a participação de vários corais convidados. “Estava sentindo falta de cantar. Começamos a ensaio há pouco tempo e dessa forma a gente fica mais entrosado para o Encontro”.

De acordo com a diretora do Conviver Ocian, Maria Teresa Venere Murata, a cantata deste ano tem como objetivo homenagear a antiga maestrina do grupo, Nívia Cordoni, que faleceu durante a pandemia. “Ela começou com isso, fazíamos no calçadão para que todos pudessem ver. As pessoas chegavam e apreciavam a música. É um momento de festejar, voltar a cantar, levar felicidade para as pessoas”.

Atendimento - Desde 2009, Praia Grande ocupa o primeiro lugar no Índice Futuridade entre as cidades com mais de 200 mil habitantes. O índice estadual mede a qualidade de vida e a atenção ao idoso nos municípios.




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias