Brasão de Praia Grande  

terça-feira
31 de janeiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


EM Roberto Francisco discute sobre respeito à diversidade
Flifam movimentou a unidade de ensino na quinta e sexta-feira (29 e 30)
3/10/2022 | Daniel Elias, MTB: 59.233
  Compartilhar no Whatsapp
Respeitar ao próximo com as particularidades de cada um. Com este objetivo, a EM Roberto Francisco dos Santos, no Bairro Ribeirópolis, promoveu a I Mostra de Educação e Diversidade: Viva as Diferenças. O evento, realizado na sexta-feira (3), encerrou uma série de atividades desenvolvidas com os alunos e marcou as comemorações alusivas ao Dia do Surdo, celebrado em 26 de setembro.

Para trabalhar a temática, a unidade contou com a participação do professor de Educação Física da EM Thereza Magri, Gilberto Correa Palacios Moyano. Deficiente visual, o docente começou a trabalhar na rede municipal de ensino este ano. Durante o evento, o educador compartilhou com os presentes quais adaptações foram necessárias para que ele pudesse dar as aulas para os alunos.

O evento contou ainda com a participação da funcionária pública, Queli Correia dos Santos. Mãe de uma criança com Transtorno do Espectro Autismo (TEA), a servidora contou sobre as vitórias que conquistou ao cuidar do filho. Ela detalhou como descobriu que o menino tinha autismo, quais os desdobramentos após cada novo laudo e a força que encontrou para junto deve enfrentar as adversidades que surgiram.

De acordo com a assistente técnico pedagógica (ATP) de Inclusão, Valéria Carbone, o evento fechou a série de atividades promovidas ao longo do mês de setembro com os alunos da unidade. “Precisamos trabalhar sobre a questão do capacitismo desde pequeno com as nossas crianças. Infelizmente, ainda existe muito preconceito e temos de formar cidadãos mais conscientes com um olhar de equidade ao próximo”.

Os dois convidados fizeram parte de uma roda de conversas para debater sobre a temática de diversidade. A ATP de Inclusão se juntou, ao lado do paratleta Marcos Castanha, se juntou a dupla para trocar experiências durante o bate-papo. O público presente pode fazer perguntas aos participantes. O assistente técnico pedagógico (ATP), Renato Daniel Ferreira Moraes, ficou responsável pela moderação.

Depois de participarem destes dois momentos, os presentes foram convidados a vivenciarem a diversidade. Em uma das salas foi preparado um circuito sensorial. Vendada, a pessoa entrava no local com auxílio de cabo de vassoura, que servia como bengala. O objetivo era que ela percorresse todo o trajeto percebendo os diferentes níveis de relevo e sentisse as texturas dos itens colocados sobre as mesas ao redor do ambiente.

Para a diretora da unidade escolar, Tulla Cesar de Souza, a I Mostra de Educação e Diversidade foi uma forma prática de mostrar aos alunos e comunidade que todos são merecem ser valorizados, independente das diferenças de cada um. “Foi gratificante ver o envolvimento de toda a escola. Desde os pequenos na creche até a sala de aula, educadores de apoio e professores entenderam qual era a proposta e desenvolveram a temática com as crianças”.



página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias