Brasão de Praia Grande  

terça-feira
31 de janeiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


Foto: FELIPE FRANÇA
 
Chuva de sonhos encanta visitantes em Mostra da EM Sebastião Tavares
Ações com base nos livros do Página a Página movimentaram a unidade
7/10/2022 | Daniel Elias, MTB: 59.233
  Compartilhar no Whatsapp
Ao percorrerem uma parte do corredor da EM Sebastião Tavares de Oliveira, no Bairro Quietude, alunos, familiares e toda a comunidade se deparavam com uma chuva de ideias. Isso porque, logo acima da cabeça, guarda-chuvas foram enfileirados com o propósito de expor os gostos e desejos dos estudantes das turmas de 3ª ano do Fundamental. A proposta surgiu com base no livro “O Menino que Colecionava Guarda-Chuvas” trabalhado em sala de aula.

Esse foi um dos trabalhos apresentados pelos estudantes durante a Mostra do Página a Página, realizada pela EM Sebastião Tavares de Oliveira, no Bairro Quietude. A atividade ocorreu nesta quinta-feira (6) e mobilizou alunos do 2º ao 9º ano do Ensino Fundamental. As iniciativas expostas tiveram como base livros distribuídos pela Secretaria de Educação (Seduc), com objetivo de promover o incentivo à leitura.

Entre os exemplares entregues aos alunos do 3º ano estava o livro “O Menino que Colecionava Guarda-Chuvas”. A obra literária traz como base a história de um menino que adorava guarda-chuvas, inclusive, fazendo dele seu principal brinquedo. A proposta foi justamente de fazer com que os estudantes colocassem neste objeto seus sonhos e gostos mais importantes.

Nos guarda-chuvas, os alunos demonstraram ter interesse por diferentes coisas e elementos. Um dos objetos foi todo decorado com as bandeiras dos 32 países que participam da Copa do Mundo do Catar. Em outro, o estudante representou os cuidados que todos tiveram de adotar com o uso de máscaras por conta da pandemia. “Ficamos surpresos com o envolvimento das crianças”, destacou o professor, Anderson Mota de Santana.

Para poder dar melhor visibilidade às propostas trabalhadas, os professores tiveram a ideia de colocar os guarda-chuvas pendurados. Os objetos ficaram alinhados usando como referência pontos turísticos de diferentes lugares do mundo que utilizam essa prática. “Tivemos de readequar o que havíamos pensado, pois vieram mais guarda-chuvas do que pensamos inicialmente. Isso demonstra o nível de participação das crianças”, destacou o educador.

As demais turmas também realizaram ações com base nos livros do Página a Página. Usando como referência o livro Brasil Tumbeiro, os alunos dos 8º anos elaboraram diferentes trabalhos sobre a temática. Logo na porta, uma jovem recebia os visitantes toda paramentada. Uma vez no espaço, desenhos e maquetes que destacavam como viviam os escravos no País. Para demonstrar parte da cultura negra, três estudantes se revezavam e jogavam capoeira.

Em outra sala, os estudantes promoveram a exibição de curtas metragens. Os trabalhos foram elaborados com base no livro “Minha Vida com Boris” que retrata os percalços enfrentados por Thays Martines e seu cão-guia, Boris, ao chegarem nos Estados Unidos. Inspirados neste contexto, os jovens fizeram vídeos onde trabalharam temáticas como bullying, preconceito entre demais assuntos.

Incentivo à leitura – Por meio do programa Página a Página lançado no início do ano, a Secretaria de Educação (Seduc) promoveu a distribuição de maleta para alunos do Infantil I e II, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, Complementação Educacional e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Por intermédio dela, os estudantes receberam obras literárias que foram trabalhadas dentro e fora da sala de aula.

Com o material em mãos, os professores desenvolveram ações ao longo do ano. O Página a Página tem como objetivo, além de despertar o interesse pela leitura, ampliar o vocabulário dos alunos, propor a participação da família na vida escolar dos estudantes e possibilitar o compartilhamento e a vivência de emoções. Somado a tudo isso, também promove a integração com produto final, estimulando a formação crítica.

Nas maletas de Educação Infantil, os alunos receberam cinco títulos. Os estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental ganharam quatro livros. Já os da Complementação Educacional têm cinco, enquanto os matriculados nas turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) obtiveram um volume por semestre para ser trabalhado. Os exemplares foram diferentes de acordo com nível e atendendo à diversidade de cada segmento, para ser trabalhado junto com os docentes.








página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias