Brasão de Praia Grande  

terça-feira
31 de janeiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


Foto: FELIPE FRANÇA
 
Café Cultural destaca a interdisciplinaridade na EM São Francisco
Docentes de diferentes matérias se envolveram na mostra do Página a Página
10/10/2022 | Daniel Elias, MTB: 59.233
  Compartilhar no Whatsapp
A interdisciplinaridade foi o ponto alto da Mostra do Página a Página realizada pela EM São Francisco de Assis, no Bairro Boqueirão. Apesar de ser uma ação de incentivo à leitura que iniciou nas aulas de língua portuguesa, a proposta tomou conta da unidade e contou com a participação direta de outras disciplinas. O Café Cultural, que mobilizou todos os alunos da escola, ocorreu na última sexta-feira (7).

Os livros do programa Página a Página foram distribuídos aos alunos em março deste ano. Logo que chegaram na EM São Francisco de Assis, as obras literárias começaram a chamar a atenção dos educadores da unidade. Uma delas, intitulada Brasil Tumbeiro, foi a selecionada pelo professor de História Odair José Pereira para trabalhar com os estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental.

Durante as aulas, o docente fez com que os estudantes conhecessem mais sobre a história dos negros no Brasil. Para isso, usou como base o livro escrito pelo ex-goleiro Mario Aranha que sofreu um ato de racismo enquanto ainda jogava, em 2014. “Existem várias pessoas de origem negra que lutaram pela escravidão ou mesmo foram destaques em diferentes áreas e isso, por vezes, fica escondido”, explicou Pereira.

Para demonstrar o conteúdo trabalhado, ao entrar na sala, os alunos convidam os visitantes a assistirem ao vídeo que exibe o ocorrido com Aranha. O caso aconteceu em partida entre Santos, time que o ex-goleiro atuava, e Grêmio pela Copa do Brasil. Torcedores do time do Sul xingaram o jogador de macaco que na hora avisou o árbitro da partida e, em outro momento, esticou o braço com a mão fechada em ato de protesto.

Depois, os visitantes passeiam por uma linha do tempo onde são retratados eventos relativos a história do negro no Brasil retratados pelo ex-atleta na obra literária. Os presentes ainda são convidados a participar de um jogo de trilha que faz relação com tudo que foi apresentado. “O Página a Página propôs uma variedade de leitura e temáticas. Isso contribui com a formação dos estudantes”, destacou o professor de história.

Romance – Assim como aconteceu com a disciplina de história, a matéria de Ciências também se envolveu com a produção dos trabalhos no Café Cultural. A ação ocorreu com os alunos do 9º ano do Fundamental que fizeram a leitura do livro “A Cinco Passos de Você”. Em outra sala, os estudantes demonstraram por meio de cartazes e fotos a história da obra literária que traz como personagens principais o casal Will e Stella.

O aluno Eduardo Raimundo Benassi, 15 anos, era um dos responsáveis em apresentar a história do casal. Os dois sofrem de uma doença chamada fibrose cística. Por conta disso, são obrigados a viver dentro do hospital sem poder sair. O livro fala da relação de Will e Stella, os sonhos de cada um e as adversidades que precisaram enfrentar para lidar com essa enfermidade.

Benassi tinha todo o enredo de “A Cinco Passos de Você” na ponta da língua. Apreciador do hábito da leitura, o jovem viu no programa Página a Página a oportunidade de voltar a praticar algo que ficou esquecido durante a pandemia. “Perdi um pouco da vontade de ler neste período. E receber os livros e com um empurrãozinho da professora fez com que me sentisse incentivado a fazer a leitura. E foi muito bom, de verdade”, ressaltou o aluno.

Incentivo à leitura – Por meio do programa Página a Página lançado no início do ano, a Secretaria de Educação (Seduc) promoveu a distribuição de maleta para alunos do Infantil I e II, do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, Complementação Educacional e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Por intermédio dela, os estudantes receberam obras literárias que foram trabalhadas dentro e fora da sala de aula.

Com o material em mãos, os professores desenvolveram ações ao longo do ano. O Página a Página tem como objetivo, além de despertar o interesse pela leitura, ampliar o vocabulário dos alunos, propor a participação da família na vida escolar dos estudantes e possibilitar o compartilhamento e a vivência de emoções. Somado a tudo isso, também promove a integração com produto final, estimulando a formação crítica.

Nas maletas de Educação Infantil, os alunos receberam cinco títulos. Os estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental ganharam quatro livros. Já os da Complementação Educacional têm cinco, enquanto os matriculados nas turmas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) obtiveram um volume por semestre para ser trabalhado. Os exemplares foram diferentes de acordo com nível e atendendo à diversidade de cada segmento, para ser trabalhado junto com os docentes.







página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias