Brasão de Praia Grande  

terça-feira
31 de janeiro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Bailarino descoberto em unidade social de PG é escalado para importante peça teatral na Capital
Estudante municipal vai participar da Escolinha do Professor Raimundo, de Cininha de Paula
20/10/2022 | Jaqueline de Marco, MTB: 52.981
  Compartilhar no Whatsapp
Os palcos sempre estiveram presentes na vida do morador de Praia Grande Anthony Caio Almeida Silva, de 14 anos. O aluno da escola municipal São Francisco de Assis, do Bairro Boqueirão, dança balé desde os seis anos de idade, arte descoberta nas aulas do Programa de Integração e Cidadania (PIC), da Prefeitura. E além da dança, outro talento cultural tem se destacado na vida do jovem praia-grandense: a atuação. Anthony foi recentemente escalado para interpretar o icônico personagem Seu Peru na peça teatral A Escolinha do Professor Raimundo, que será dirigida pela renomada diretora de novela e teatro Cininha de Paula em homenagem aos 10 anos da morte do humorista Chico Anysio. A estreia do espetáculo está prevista para acontecer em dezembro e a temporada será apresentada no Teatro Nair Bello, na capital paulista.

A paixão de Anthony pela dança começou em 2015, quando sua antiga escola ofereceu duas opções de aulas extracurriculares aos alunos: futsal e o balé clássico, que acabou sendo escolhido pela criança. A mãe de Anthony, a coordenadora de eventos Andreia Guedes de Almeida, de 42 anos, explica que na época se surpreendeu quando o filho pediu para optar pela aula de dança. “Começamos então a procurar locais na cidade onde ele pudesse conhecer mais a modalidade. Foi quando o levamos ao PIC Sítio do Campo”.

Sempre muito dedicado, Anthony conseguiu bolsas de estudo em academias de dança, ganhando também diversos prêmios na área. A paixão pela dramaturgia veio na sequência e, dentre os principais papéis que atuou, o estudante de Praia Grande já participou de duas temporadas seguidas de “A megera domada - o Musical”, dirigido por Fernanda Chamma, Cininha de Paula e Cynthia Falabella.

Participou da peça “Avalon”, como o jovem Merlin, sua primeira audição em uma companhia profissional, a Cia London. Participou da novela “As aventuras de Poliana”, do SBT, em 2018. Além disso, participou também da seleção para o musical “Billy Elliot”, sucesso da Broadway, onde ficou entre os 5 finalistas para a versão nacional da peça.

E a próxima etapa na carreira será a montagem do musical em homenagem aos dez anos do falecimento de Chico Anysio, Escolinha do Professor Raimundo, que promete ao público muitas risadas, lembranças e forte emoção, além de trazer ao palco grandes hits dos anos 1980. Também serão lembrados outros gênios do humor que fizeram parte da história de nosso país, como Nizo Neto no papel consagrado por seu pai, Chico Anysio. Com direção de Cininha de Paula e Charles Davis, o espetáculo estreia em São Paulo no dia 10 de dezembro.

Preconceito – Anthony ganha olhares e admiração por onde se apresenta, em uma das modalidades de dança mais tradicionalmente praticadas pelo público feminino, o balé clássico. Por isso, em 2015, veio o convite para participar do programa “Encontro com Fátima Bernardes”, onde Anthony fez parte da pauta sobre o preconceito que ainda existe com meninos que dançam balé.

Além disso, o estudante de Praia Grande também foi convidado para fazer parte do documentário chamado “Repense o Elogio”, de Estela Renner. A obra propõe a reflexão sobre a maneira como as crianças são elogiadas: enquanto meninas são lindas, princesas e delicadas, meninos são fortes, inteligentes e corajosos. O documentário reflete sobre o poder das palavras e da cultura, que trouxeram este desequilíbrio tão profundo.

E em 2019, a história e trajetória profissional de Anthony se tornou um livro infantil, pelas mãos dos professores e escritores, Sarah Naranjo e Fernando Curti. A obra, chamada de “Meninos não dançam balé”, com ilustrações de Thais Castro, fala da importância do apoio da família na caminhada de um bailarino.

Mais informações sobre o estudante e bailarino de Praia Grande podem ser obtidas em www.instagram.com/anthonycaiooficial.




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias