Brasão de Praia Grande  

terça-feira
5 de dezembro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOGOS REGIONAIS 2023
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
REVISÃO PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


Foto: Richard Aldrin
 
Sesap organiza capacitação sobre emissão de declaração de óbito com médicos da Região
Evento aconteceu na Usafa Noêmia
11/4/2023
  Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook
Por Rodrigo Herrero

A Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande organizou o encontro “Responsabilidade ética e legal na emissão de Declaração de Óbito”, que reuniu médicos do Município e de outras cidades da Baixada Santista. A capacitação aconteceu na última semana na Unidade de Saúde da Família (Usafa) Noêmia, Bairro Tupi, e teve como objetivo melhorar a qualidade das informações preenchidas na declaração de óbito, proporcionando um entendimento maior das causas das mortes para fins estatísticos, auxiliando os gestores da Saúde a desenvolver políticas públicas que possam evitar as causas possíveis.

A capacitação reuniu 30 profissionais de Praia Grande, Itanhaém, São Vicente, Peruíbe e Santos. A condução foi feita pelo diretor da Divisão de Dados Epidemiológicos da Sesap, Peter dos Santos Draber, e pelo médico e delegado do Conselho Regional Medicina Estado São Paulo (Cremesp), Guilherme Zanutto Cardillo, que também é diretor do Núcleo de Perícias Médico-Legais de Santos. O especialista destacou a implicância jurídica em relação ao preenchimento incorreto das informações, reforçando que o médico é o responsável pela emissão da declaração de óbito.

O servidor da Sesap Peter Draber mostrou campo a campo da declaração, enfatizando a importância do preenchimento correto de todas as informações solicitadas. O profissional destacou atenção especial à Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID) e à informação adequada das causas que levam à morte os pacientes.

“É fundamental termos as declarações preenchidas com informações claras, pois isso vai ajudar a entendermos as causas que levaram aquele óbito, podendo gerar dados relevantes que possam auxiliar os gestores no sentido do que poderia ser feito para interromper a cadeia de eventos até chegar ao óbito”, disse Peter Draber.



página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias