Brasão de Praia Grande  

terça-feira
5 de dezembro de 2023

 
 
     
ADMINISTRAÇÃO
ASSISTÊNCIA SOCIAL
ASSUNTOS INSTITUCIONAIS
AVANÇA PG
CIDADANIA
CIDADE TOTAL
CONSELHOS MUNICIPAIS
CORONAVÍRUS - COVID-19
CULTURA
DEFESA CIVIL
DOWNLOADS
EDUCAÇÃO
ESPORTES
FINANÇAS
GABINETE
GALERIA DE FOTOS
GOVERNO
HABITAÇÃO
JEESP 2022
JOGOS REGIONAIS 2023
JOMI 2022
JUVENTUDE
MEIO AMBIENTE
OBRAS
PLANEJAMENTO
PLANO DIRETOR
PROGRAMA CIDADE SUSTENTÁVEL
REVISÃO PLANO DIRETOR
SAÚDE
SEGURANÇA
SERVIÇOS URBANOS
SERVIDORES
TRÂNSITO
TRANSPORTE
TURISMO
URBANISMO


 
Capivara é resgatada pela Guarda Ambiental de Praia Grande
Animal deve ter se perdido do bando e se abrigou em terreno no Bairro Sítio do Campo
17/5/2023 | Ludmila Pilipavicius , MTB: 29.204
  Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook
Uma capivara foi resgatada na tarde de terça-feira (16), em um terreno baldio no Bairro Sítio do Campo, por equipes da Guarda Ambiental de Praia Grande. O animal não apresentava ferimentos e foi solto às margens do Rio Piaçabuçu, após avaliação veterinária.

A Guarda Ambiental foi acionada por moradores do Bairro que informaram que uma capivara vinha sendo vista há alguns dias em um terreno baldio. A equipe chegou ao local e, em meio à vegetação, localizou o animal, realizando sua captura com o uso de uma rede própria para a ação.

De acordo com o relato dos guardas, a capivara estava bastante agitada e foi acondicionada em uma caixa transportadora, sendo levada até a Aiuká, empresa de consultoria ambiental parceira do setor nos resgates de fauna. Um médico veterinário examinou o animal e constatou que ele não apresentava ferimentos ou problemas de saúde e que estava apto à soltura.

De acordo com o inspetor-chefe do grupamento, Fábio Barbatano Marques, se trata de um indivíduo jovem e que pode ter se perdido do bando, procurando abrigo no terreno baldio. Em seguida, as equipes da Guarda Ambiental levaram a capivara até as margens do Rio Piaçabuçu, que é área de incidência da espécie, onde ela foi solta.

O inspetor observa ainda que as pessoas não devem nunca tentar capturar ou manusear animais silvestres que eventualmente encontrem. “O ideal é que acionem o mais rápido possível a Guarda Ambiental pelo telefone 153. Por estarem assustados, esses animais podem acabar se ferindo e até machucando as pessoas”.

Atuações – A Guarda Ambiental de Praia Grande atua há 13 anos na Cidade com um importante trabalho na preservação do Meio Ambiente. Além das ações voltadas ao resgate de animais silvestres, o grupamento também tem desenvolvido um trabalho marcante em áreas de preservação da Cidade, inclusive fazendo parte da Comissão Especial de Proteção das Áreas de Preservação, que tem como principal objetivo identificar todas as ocupações desordenadas em áreas de preservação e risco, estabelecendo as medidas necessárias para a proteção desses espaços.

Já a Aiuká é uma empresa brasileira com experiência nacional e internacional no planejamento, no resgate e na reabilitação de fauna afetada por vazamentos de petróleo para que retorne ao seu ambiente natural em segurança. Fundada em 2010 na Cidade, a empresa mantém parceria com a GCM desde 2015 com o objetivo de reabilitar os animais marinhos resgatados pelo grupamento ambiental.




página anterior topo da página
Banco de Imagens
 
Pontos Turísticos
 
Câmeras
 
Ouvidoria
 
 
 

 HOME
 A CIDADE
 ESTRUTURA DE GOVERNO
 SERVIÇOS ONLINE
 NOTÍCIAS
 OUVIDORIA
 PORTAL DA TRANSPARÊNCIA
 POLÍTICA DE PRIVACIDADE
 MAPA DO SITE
  Acompanhe Praia Grande
nas Redes Socias