1º Audiência - Educação
 
  Notícia do dia 30/7/2005
Finasa/Osasco vence Brasil Telecom/São Bernardo e fica com o título dos Jogos Regionais
 
O time comandado por Paulo Coco venceu por 3 sets a 1, de virada

Show de vôlei no final dos Regionais
  A equipe do Finasa/Osasco venceu o Brasil Telecom/São Bernardo por 3 sets a 1, neste sábado (30), no Centro Esportivo Rodrigão e conquistou o título dos 49º Jogos Regionais. Essa foi a primeira conquista, em 2005, da tricampeã brasileira, que não conta com as quatro principais jogadoras que defenderam a Seleção.

Este foi o primeiro jogo entre os dois times na temporada. A cidade de Osasco, comandada pelo técnico Paulo Coco, sagrou-se campeã, mesmo com a ausência das campeãs do Grand Prix: Paula, Valeskinha e Carol, além da Mari, que se submeteu a uma cirurgia no ombro .

No primeiro set os dois times fizeram um jogo de muito equilíbrio, disputado ponto a ponto. Melhor no ataque, as meninas de São Bernardo, treinadas por William Carvalho, saíram na frente com o placar de 27 a 25.

O time do Finasa/Osasco voltou mais concentrado na segunda parcial, com uma defesa consistente e explorando os ataques da olímpica Bia. Sem dificuldades, o time tricampeão brasileiro empatou em 1 a 1, com 25 a 15.

No terceiro set o Finasa/Osasco sacou melhor e o Brasil Telecom/São Bernardo não fez uma boa recepção. Com o passe quebrado, Fernandinha forçou as jogadas com as ponteiras, que pararam nos paredões das centrais Lígia e Viviane. Dominando a partida, o time de Paulo Coco fez 25 a 12 e virou a jogo para 2 a 1.

Com um bloqueio bem montado no quarto set, o time do Brasil Telecom/São Bernardo esboçou uma reação, mas logo parou nos saques táticos do Finasa/Osasco. Com uma atuação impecável de Arlene, líbero que defendeu o Brasil nos Jogos Olímpicos de Atenas, as tricampeãs as Superliga liquidaram a partida, com 25 a 18.

De acordo com o técnico de Osasco, Paulo Coco, o saque não funcionou no primeiro set e a equipe acabou perdendo. “Da segunda parcial em diante, a relação bloqueio e defesa foi mais eficiente e não desperdiçamos os contra-ataques. As duas equipes se enfrentaram pela primeira vez este ano e precisamos de um tempo para estudar o adversário e marcar suas jogadas”.

A oposto e capitã do Finasa/Osasco, Bia, disse que o time entrou desconcentrado em quadra e só conseguiu neutralizar as jogadas adversárias a partir do segundo set, com um saque mais eficiente. “O nosso grupo é muito obediente taticamente, mas demorou um pouco para se acertar em quadra. No primeiro set estive sobrecarregada no ataque, mas depois o bloqueio e a defesa fluíram e a nossa levantadora distribuiu muito bem as bolas”.

A líbero Arlene falou da ansiedade do time por ser o primeiro torneio do ano, mas disse que a equipe se comportou bem em quadra. “Esse foi o jogo mais difícil destes Jogos Regionais, mas esse grupo é muito promissor e conseguimos o título, que era o nosso objetivo”.

O técnico do Brasil Telecom/São Bernardo, William Carvalho, ressaltou a falta de paciência para jogar contra uma equipe de qualidade. “O nosso saque e recepção não funcionaram hoje. Precisamos aprender a lidar com as adversidades para ganhar jogos difíceis como esse”, finalizou o técnico.

O Finasa/Osasco começou o jogo com Dani Lins, Bia, Lígia, Viviane, Luciana, Soninha e a líbero Arlene.

O Brasil Telecom/São Bernardo entrou em quadra com Fernandinha, Fernanda Berti, Thaís, Juliana, Flávia, Juciely e a líbero Stephany.

Flávio Tonini